Incentivo à cadeia de reciclagem
Eduardo Miguez Publicado em 12 de Maio de 2021 00:13 - Editado em 21 de Maio de 2021 18:59
Criação de um polo de reciclagem e política de atração de investimento privado

Prezados,


Com a Política Nacional de Resíduos Sólidos e os diversos acordos setoriais para logística reversa de resíduos, o Estado do Rio de Janeiro possui um grande potencial para se destacar na cadeia sustentável da reciclagem.


Uma sugestão seria a criação de um polo de reciclagem onde galpões de recebimento e triagem possam estar próximos de indústrias que farão a reciclagem dos materiais diversos, como, por exemplo: alumínio, plástico e lixo eletrônico. Outra indústria que pode aproveitar é a geração de energia sustentável através da biomassa, que utiliza resíduos como matéria-prima.


Podem ser pensadas políticas públicas de incentivo para que empresas se instalem no Estado. A criação de um comitê de logística reversa no âmbito do Estado pode propor ações nesse sentido.


A iniciativa privada precisa investir para dar destinação aos seus resíduos gerados (por imposição legal). É importante aproveitar para que esses investimentos possam ocorrer de forma estruturada em nosso Estado.


As cadeias de logística reversa de embalagens plásticas, alumínio, óleo de cozinha e lixo eletrônico, além de geração de energia podem trazer resultados econômicos, ambientais e sociais para o Rio de Janeiro. Isso se dá pela valorização de cooperativas, geração de emprego, capacitação profissional e outras ações que trarão grande benefício social.


Gostaria de ouvir a opinião dos demais integrantes do Coalizão Rio, se acham esse assunto importante e viável.

Comentários
Carregando...